A roupa branca é um clássico, cercada de significados e mitos, ela é utilizada em profissões, esportes, como as artes marciais, em diferentes cerimônias religiosas, em casamentos, nos quais o vestido branco da noiva é o detalhe mais importante.

O ano novo é uma data marcante e tem uma forte tradição de uso de roupa branca por causa da paz e harmonia que representa e por ser o que todos nós esperamos para a chegada do ano que vamos celebrar no Réveillon.

O significado das cores pode ser cultural, assim, encaramos a cor branca de forma branda, relacionamos com paz, bondade e conforto. Ao contrário, na cultura oriental vê-se, no branco, o peso da dor, o que justifica o uso dele durante períodos de luto.

No caso da nossa sociedade, ocidental, as interpretações vêm da antiguidade quando sacerdotes usavam vestimentas brancas para simbolizar pureza espiritual e sabedoria. A clareza da cor trouxe as profissões da área de saúde o uso ligado a higiene e limpeza física, já que eles devem se preocupar ao máximo com essa questão.

Porém, a roupa branca exige cuidados especiais tanto para ficarem conservadas, sem encardidos e manchas amarelas, quanto para serem vestidas. Ficar atento para a cor da roupa íntima (sempre da cor da pele), não vestir muitas peças e acessórios brancos. Apesar da cor ser muito versátil não fica bem sobrecarregá-la.

Significado da Cor Branca

Na cultura ocidental, a cor branca tem uma conotação de pureza e paz. Ela pode trazer sensação de tranquilidade, conforto mental e espiritual e simboliza a bondade. Acredita-se que ela ajuda a limpar a mente, clarear as emoções e pode acalmar. Porém o excesso de branco, pode dar sensação de vastidão, frio e solidão.

Para Pitágoras, filósofo grego, a cor branca continha todas as cores em si. Considerando o branco como luz, esse raciocínio é correto, ela pode ser decomposta através de um prisma. Se passa por um prisma ela se decompõe como um arco-íris revelando uma sequência de cores.

Na concepção oriental, o branco é sinal de sabedoria e superioridade espiritual, por esse motivo os sacerdotes indianos usam vestes brancas. Os praticantes do budismo costumam usar roupas brancas durante o período de luto, por isso há uma conotação cultural no significado da cor, isto é, dependendo das crenças e costumes, a cor é interpretada de uma maneira distinta.

Há ainda a característica psicológica da cor, a maneira como o cérebro a interpreta, a sensação que ela causa na mente de quem a vê. Essa forma de enxergar a cor é estudada principalmente por publicitários e designers, que procuram despertar certos desejos e emoções nos consumidores de seus produtos.

Nesse caso, o branco é muito usado nas embalagens e companhas publicitárias de produtos que precisam passar para o consumidor uma sensação de segurança, como no caso de eletrodomésticos. Essa sensação é estimulada pelo branco, azul e cores pastéis, pois causam no observador um sentimento que predispõe a aceitação do produto.

Usar roupas brancas em alguns contextos pode ter um significado específico, desde a Antiguidade clássica os sacerdotes gregos usavam vestimentas brancas para simbolizar pureza espiritual. Na sociedade cristã, as moças jovens que morriam virgens eram enterradas com vestidos brancos para que evidenciasse a inocência.

Os profissionais da saúde costumam se vestir com roupas dessa cor por uma questão de higiene, pois evita-se sujeiras e infecção, já que qualquer mancha no branco é muito visível. Há ainda, o clássico exemplo da bandeira branca levantada em batalhas para pedir paz, essa é a conotação mais conhecida da cor.

Usar Roupa Branca

Roupa Branca em Profissões

Algumas profissões adotaram as roupas brancas como obrigação, as mais conhecidas são as da área de saúde. Os médicos, os dentistas e enfermeiros, por exemplo, tem que usar a além da roupa jalecos brancos por cima, por uma questão de higiene, como eles lidam com a saúde das pessoas precisam penssar pela limpeza para não prejudicarem seus pacientes. A cor branca dá aspecto mais claro a roupa, obrigando esses profissionais a ficarem impecáveis.

Na Grécia Antiga, os médicos costumavam usar o branco para homenagear o deus da medicina, Asclépio, pois para esse fim o branco representava a pureza da alma dos homens que se dedicavam a salvar e cuidar da vida alheia com tanto desprendimento. Não tinha nada a ver com a questão da higiene, da forma que vemos atualmente.

Roupa Branca em Cerimônias Religiosas

Certas religiões valorizam muito as roupas brancas pelo que elas simbolizam. Algumas cerimônias exigem que os fiéis e celebrantes estejam em trajes claros ou brancos, como é o caso de algumas celebrações cristãs, como o batismo, a crisma e o casamento (no qual a noiva se veste branco). Não podemos deixar de citar religiões como a umbanda. Desde de sua instituição há a exigência que os sacerdotes se vistam de branco, mas não há um motivo específico para isso, nesse último caso.

No batismo católico, as crianças são vestidas de branco para mostrar sua inocência e também porque é uma cerimônia que acontece para purificar, redimir do pecado e aproximá-las de Deus e as suas vestes representam tudo isso.

Na religião hindu os sacerdotes também se vestem de branco, indicando sua posição na sociedade e na religião, já que os únicos que podem seguir essa vida religiosa e comandar rituais são os brâmanes, que pertencem a casta mais alta. Na verdade, no caso dessa religião o branco representa a sabedoria dessas pessoas que tem contato com a vida espiritual.

Por tanto, em quase todas as religiões, as vestes brancas são justificadas, pois representam paz e pureza, tudo que precisamos ter para elevação espiritual e salvação, e ao vestir-se assim transparece todas essas qualidades da alma.

Roupa Branca nas Artes Marciais

As roupas usadas em esportes de luta, como judô, karatê e outros são, na maioria das vezes, brancas. Os chamados quimonos são usados tradicionalmente dessa cor por causa do significado do branco na cultura oriental asiática. Para eles o branco está ligado a perda, morte e luto, era assim que se vestiam as viúvas e pessoas que choravam a morte de um ente querido.

Como as artes maciais que conhecemos hoje são originárias das técnicas de lutas que os antigos guerreiros asiáticos travavam nas guerras, elas estavam muito associadas a dor, morte e sofrimento. Por causa disso os soldados se vestiam de branco por baixo de suas armaduras para preparar a alma para uma possível morte na guerra.

Vestido de Noiva

O casamento sempre foi um grande acontecimento na sociedade, embora há alguns séculos não fosse uma união que envolvia sentimentos. O casamento foi sinônimo de contrato, afinal as famílias mais ricas juntavam seus filhos por interesses econômicos desde a Antiguidade, e esse costume tornou-se muito comum e forte na Idade Média.

O vestido de noiva representa, de alguma forma, o significado que o casamento tem socialmente. No passado, quando o casamento era tratado como contrato, os vestidos eram pesados e ricamente decorados, para demonstrar o poder da família da noiva, e o mais curioso, podia ser de qualquer cor. Entre o fim da Era medieval e o início do Renascimento em muitos matrimônios os vestidos usados pelas noivas eram vermelhos ou pretos, eram as cores mais populares.

O preto representava a religiosidade aguçada da sociedade europeia da época, mas ao contrário do que se pense os vestidos pretos não eram simples, nem discretos, eram extremante luxuosos, feitos com os melhores tecidos, com detalhes em ouro e/ou pedras preciosas, eram vestidos bem exagerados e por isso pesados.

Algumas mulheres importantes usaram vestidos brancos em seus casamentos e entraram para história, são exemplos, a rainha escocesa, Maria Stuart e Maria de Médice, da França. Ambas pertenciam a famílias reais da Europa e marcaram por ter escolhido o branco como cor do vestido para se casarem, o que não era comum na época. Inclusive, os súditos de Maria de Médice interpretaram o fato de ter usado vestido branco por ela ser ainda muito pura, com apenas quatorze anos de idade.

Mas quem realmente lançou a tradição do vestido de noiva branco foi a rainha Vitória, da Inglaterra, ao casar vestida de branco em 1840. Esse fato ficou marcado pois foi um dos primeiros casamentos da história que se realizou por amor, o que encantou muita gente na época. As jovens ficaram enlouquecidas com o fato de uma rainha não ter se casado com um homem por interesse, nem ter sido obrigada, pois foi a princesa Vitória quem pediu a mão do príncipe Albert.

O vestido branco representou, então, o amor romântico, que nessa época começava a ser cultuado pela literatura, a pureza e a virgindade da moça que se guardava para a noite de núpcias com o marido. Mas mesmo assim eram muito luxuosos. Foi dessa forma que o vestido de noiva branco se tornou sensação e é até hoje o sonho da maioria das mulheres.

Na construção dessa tradição, muitas noivas que não se casavam virgens também não podiam se vestir de branco, pois isso era encarado como uma afronta. Tanto que as viúvas, quando se casavam outra vez usavam vestidos de outra cor, mas sempre algo discreto, os vermelhos e pretos em noivas se tornaram, ao longo do tempo, uma moda impensável e de mal gosto para essa ocasião.

Roupa Branca no Ano Novo

A virada do ano é uma data especial, as pessoas costumam festejá-la com muitas superstições, mas também com muita esperança. No Brasil existe um costume muito forte de passar o ano vestido de branco. Independente do tipo de festa, grande parte das pessoas estão pelo menos com uma peça branca.

Isso tem haver com o que se espera para o ano seguinte. O branco representa a paz e afasta as energias negativas, segundo a crença popular, mas é permitido misturar cores e associá-las as coisas que esperamos conquistar. Por exemplo:

  • amarelo: simboliza riqueza, dinheiro;
  • verde: representa a esperança;
  • vermelho: é a cor da paixão;
  • rosa: atrai o amor;
  • azul: traz tranquilidade e saúde.

A roupa branca combina com todas as cores anteriormente citadas e podem compor looks bonitos para festas chiques e também, mais simples, para as comemorações informais. Leia as dicas abaixo para usar bem o branco no Réveillon:

  • Em primeiro lugar, não exagere no branco, pois pode ficar muito pesado. Invista em acessórios coloridos, peças de diferentes texturas e cores, se possível. Se usar um vestido branco, por exemplo, procure colocar um sapato com brilho ou estampado, use colares, brincos e pulseiras que combinem com o tipo de festa na qual você vai.
  • Para os mais gordinhos, é importante saber que o branco dá mais volume, pois abre mais. Se o objetivo é disfarçar quadris, não use saia, nem calça ou short branco prefira um jeans mais escuro ou peças de outra cor. Já para esconder a barriga, seios e ombros largos aposte em blusas ou batas mais soltinhas ou coloridas com detalhes em branco.
  • Os homens que costumam usar sapatos e cintos combinando, sempre da mesma cor, não façam isso com o branco, afinal é uma cor muito marcante, pode ficar estranho.
  • As mulheres tem mais opções de sapatos, ou seja, podem explorar as tendências de sandálias decoradas com pedras, com brilhos, os sapatos pratas e dourados que combinam com branco.
  • Se por acaso for comemorar na praia, invista em um look simples e fresco, já que na maioria das vezes faz muito calor. Os homens podem abusar das bermudas. As mulheres podem explorar os vestidos, shorts, saias e blusas, sempre muito leves, além das rasteirinhas que estão em alta.
  • Nas festas mais formais, roupas femininas com brilho são muito valorizadas. Sandálias metálicas combinadas com a simplicidade do branco caem muito bem. Já os homens podem usar um look básico, camisa branca e terno escuro são suficientes para estarem adequados.

Cuidados com Roupa Branca

A roupa branca é a mais difícil de manter, a princípio porque a cor branca é muito fácil de sujar, por ser clara qualquer sujeira fica visível. Mas não é só isso, há muita dificuldade para manter uma roupa branca sem manchas encardidas.

Para melhor cuidar das roupas brancas siga as dicas a seguir:

  • Antes de lavar separe as roupas brancas das coloridas, pois misturar durante a lavagem pode deixá-las manchadas.

Para Clarear Roupa Branca

  • A luz é a grande responsável por aquele incômodo amarelamento das roupas brancas, por isso recomenda-se cobrir a roupa com um pano preto ou com um plástico escuro, para não deixá-las absorver a luz, conservando sua clareza.
  • Se sua roupa já estiver encardida, basta colocar de molho em água morna com cloro ou água sanitária, a alta temperatura da água ajuda a desencardir o tecido. O mercado também oferece produtos específicos para roupa branca, que facilitam o processo de clareamento.
  • É possível quarar* também, basta colocar a roupa em uma bacia com água e sabão em pó em algum lugar que bata sol. Deixe por muito tempo, quando retirar você irá perceber que a peça está bem branquinha, como nova.

Tirar manchas de roupas brancas é difícil, mas não é impossível de serem retiradas, veja as dicas abaixo.

  • Mancha de sangue: é possível retirá-la com água oxigenada, se não tiver ao seu alcance, tente remover com sabonete neutro ou sabão de coco.
  • Mancha de batom: antes de lavar, coloque um pouco de álcool sobre a mancha e esfregue. café
  • Mancha de café: coloque de molho na água morna com glicerina por algum tempo, use essa água para lavar a roupa.
  • Mancha de tinta de caneta: esfregue a roupa com uma mistura de leite com vinagre repetidas vezes até sair a mancha, depois lave.
  • Mancha de vinho: quando derramar vinho ou qualquer bebida alcoólica na sua roupa, jogue água quente ou morna imediatamente, isso facilita na hora de lavar e remover a mancha.
  • Mancha de óleo/gordura: jogar talco sobre a mancha é uma boa alternativa para a gordura ser absorvida, deixe por alguns minutos e depois lave a área da mancha com detergente, esfregando bastante.
  • Regra geral: se a sua roupa manchar e você não souber como removê-la, coloque sal sobre a mancha, não importa qual seja o causador. Esse truque é um facilitador, ajuda na hora de lavar, deixando a limpeza mais fácil.

Preservar sua Roupa Branca

  • O enxágue da roupa deve ser impecável, não deixe resíduo de sabão pois pode deixar a roupa amarelada.
  • Quando deixar de molho no alvejante ou água sanitária para tirar o encardido, não deixe por muito tempo, a exposição excessiva a esses produtos não surtem muito efeito.
  • Procure colocar as roupas brancas no varal para secar do lado avesso, pois se sujar não fica tão visível e não mancha o lado direito.
  • É importante ler as instruções de lavagem que se encontram nas etiquetas das roupas, pois cada tipo de tecido tem exigências próprias na hora de ser lavado.

*Quarar: expor roupa ao sol para clareamento da mesma.

Dicas para usar Roupa Branca

O uso das roupas brancas tem suas regras, é preciso ter alguns cuidados pois elas podem engordar, algumas são transparentes e mostram a roupa íntima, por tanto é bom aderir a alguns truques para se vestir o melhor possível.

  • A camiseta branca é uma peça básica importante para se ter no armário, pois combina com tudo e pode ser bastante utilizada no dia-a-dia. Mas fique atento a seu tipo de corpo e qual tecido e modelo te valoriza mais.
  • Complemente a roupa branca com acessórios que não sejam brancos para o seu look não ficar sem graça, muito apagado. Exemplo: ao usar um vestido branco coloque um colar ou lenço colorido para dar mais vida ao visual. Mas lembre-se, o acessório tem que combinar com ocasião.
  • Ao usar uma roupa branca procure não calçar sapatos e usar bolsas da mesma cor.
  • Evite colocar roupa íntima colorida ou branca por baixo de uma peça branca, prefira as da cor de pele, porque são mais discretas, não aparecem em roupas transparentes e sem forro.
  • Se sua peça branca estiver amarelada evite usá-la porque dá aspecto de desleixo.
  • Pessoas de pele morena e bronzeada podem abusar do branco, afinal essa cor destaca o bronzeado . Já as de pele mais clara podem ficar pálidas com o excesso de branco.
  • A camisa branca pode dar um ar masculino e clássico ao look, é um coringa da moda e combina com a rotina da mulher urbana.
  • O vestido branco cai muito bem no verão, bordado ou liso, ele é básico para os dias quentes e os que tem cortes mais largos são mais recomendados pois não marcam o corpo.
  • O colete é uma peça em alta, o branco pode complementar um visual básico para a noite ou para o dia te deixando com um ar mais chique e arrojado. Os coletinhos brancos bordados, com brilho, dão o toque final para uma noite de balada.
  • As bermudinhas e shorts brancos são uma boa pedida para os dias de calor, em ocasiões mais informais, combinam com todas as cores e te deixam com um toque de delicadeza e frescor.